Tentativa de homicídio e disparo de arma de fogo foram registrados em Santana do Seridó

Na pacata cidade de Santana do Seridó foram registradas duas ocorrências ontem, quinta-feira (18/08), que fogem a tranqüilidade da cidade. Na primeira uma tentativa de homicídio tendo como vítima, Fabner Bezerra de Oliveira, 28 anos, natural de Santana do Seridó, que teve várias perfurações provocadas por uma tesoura de tosar árvores e encontra-se internado em observação.

O acusado de ter provocado as perfurações, Jonas Araújo de Medeiros, 28 anos, natural de João Pessoa-PB, foi preso em flagrante e encontra-se detido no CDP de Parelhas a disposição da Justiça.

Na segunda ocorrência um vigilante do carro forte que recolhe o movimento dos correios da cidade, efetuou um disparo acidental com uma espingarda calibre 12 em frente aos correios no centro da cidade, mas ninguém se feriu. A arma caiu apontada para o alto, disparou e para sorte de todos ninguém foi atingido.


Acidente com vitima fatal foi registrado no final da tarde de ontem na RN-078

Na tarde de ontem (18/08), por volta das 16h30min uma pessoa conhecida por Alexandro trafegava na RN-078, entre o município de Marcelino Vieira e a BR-405 em um veiculo tipo Ranger de placas, MZM 8413 Natal. Quando chegando nas proximidades do sitio vaca morta perdeu o controle de direção do mesmo saiu fora do asfalto bateu em uma pedra e capotou.
Alexandro foi arremessado para fora do veiculo e morreu no local

Segundo informações o mesmo era carioca e evangélico, e atualmente residia em Tenente Ananias/RN com sua esposa, e sem mais parentes na região.

 
Policiais de trânsito e militar permaneceram no local toda à tarde controlando o trânsito e isolando a área até a chegada dos peritos do ITEP que estiveram no local por volta das 20h00 e fizeram a remoção do corpo para a sede do órgão em Mossoró. O veiculo ficou totalmente destruído.
 
Fonte: PF Online

Carga de celulares que seriam vendidos no RN foi apreendida pela Policia Rodoviaria Federal

http://3.bp.blogspot.com/-C0E0L5x05-8/Tk0_lzTtYsI/AAAAAAAABPA/x2VBqhokg1c/s1600/004.jpg

 
581 aparelhos de telefone celular, avaliados em aproximadamente R$ 60 mil, foram apreendidos na noite desta terça-feira, 16, na BR-116, quilômetro 83, na localidade de Cristais, município de Cascavel, a 100 quilômetros de Fortaleza.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), dois homens transportavam a mercadoria em veículo particular e sem nota fiscal. Os aparelhos de telefone celular eram importados e seriam destinados ao mercado de Mossoró, no Rio Grande do Norte.

Em depoimento prestado à Polícia, os homens afirmaram que a mercadoria havia sido comprada em São Paulo. Os dois viajaram de avião até Fortaleza e seguiam a Mossoró de carro. Toda a mercadoria apreendida foi encaminhada à Receita Federal.


Polícia Federal de Pernambuco apreendeu 95 kg de maconha que seria entregue em São Bento/PB

A Polícia Federal da Delegacia de Salgueiro apreendeu na noite da quarta-feira (17), aproximadamente 95 quilos de maconha que estavam sendo transportados de São Paulo para São Bento-PB por quatro homens.

O entorpecente que seria entregue em São Bento/PB foi apreendido no Trevo de Ibó, na BR 116, escondido dentro de uma armação de ferro da carroceria de uma GM Montana de placas JZY-3173, conduzida pelo técnico em celular, Leandro Fernandes Albano, 24 anos. Uma Pajero que vinha logo atrás da Montana também foi abordada pelos policiais federais.

O veículo estava sendo dirigido pelo vendedor ambulante Alexandre Vieira Dutra, 24 anos, acompanhado por Janailson Dionísio da Silva, 21 anos, e pelo paraguaio Nelson Osvaldo Duarte Lopes, 34 anos, residente em Foz do Iguaçu-PR. Segundo a Polícia Federal, os três estavam fazendo a escolta do automóvel conduzido por Leandro Fernandes. Na Pajero também estava a esposa de Alexandre Vieira, mas ela foi liberada por não ser encontrado qualquer indício que pudesse incriminá-la.

Os quatro homens foram trazidos pelos policiais federais para a Delegacia de Salgueiro, onde foram interrogados. Leandro reservou-se ao direito de ficar calado, Nelson e Janailson negaram envolvimento com o tráfico, no entanto, Alexandre Vieira entregou todos, afirmando que os quatro sabiam da existência da maconha no veículo.

Os acusados foram indiciados por tráfico interestadual de drogas e por associação para o tráfico. Para a Polícia Federal a maconha é de origem paraguaia.


Justiça manda prender dois por homicídio em Caicó

Creozivaldo Maia (Pirráia) e Josivan Araújo (Filé)

Os dois envolvidos na morte de Amaro da Silva Lopes foram presos nesta quinta-feira, 18 de agosto, por força de mandados de prisão preventiva expedidos pelo juiz Luiz Cândido de Andrade Villaça.

O primeiro a ser detido foi Creozivaldo Maia, (Pirráia), 18 anos, residente na Rua Manoel Avelino da Silva, n° 09, Bairro Walfredo Gurgel. Hoje, à tarde, ele estava na companhia de outros três homens em um veículo Gol de cor prata e em atitude suspeita no Bairro Frei Damião. A Polícia Militar foi acionada e em diligência os localizou no centro de Caicó. Conduzidos à delegacia, somente Pirráia, ficou detido por causa do mandado. Os outros foram liberados.

A prisão de Josivan Araújo da Silva, (Filé), 19 anos, residente na Rua Luzia Maria do Nascimento, Bairro João Paulo II, aconteceu no Bairro Walfredo Gurgel, por volta das 19 horas e 30 minutos. Uma guarnição da PM de posse de informações repassadas pelo serviço de inteligência da Polícia Civil, se deslocou ao local e conseguiu prendê-lo.

O crime cometido contra Amaro da Silva Lopes aconteceu por volta das 19 horas do dia 04 de agosto, no local chamado de corredor, próximo ao Bairro Frei Damião, onde morava a vítima que tinha uma rixa antiga com os acusados. No momento do fato, duas pessoas em uma moto se aproximaram de Amaro, e efetuaram disparos de arma de fogo lhe tirando a vida.

Com relação à Josivan, ele se apresentou dias depois do crime na delegacia de polícia acompanhado de advogado e ficou em liberdade, mas, o juiz da Vara Criminal entendeu que ele deveria ficar preso por causa das denúncias de que estaria rondando o bairro onde morava a vítima na tentativa de intimidar os familiares, ou até praticar outro delito.

Fonte: Sidney Silva


Via Ápia: MPF denuncia 10 pessoas

O Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN) apresentou à Justiça Federal denúncia contra 10 pessoas (ver lista abaixo) acusadas de formação de quadrilha, peculato, corrupção ativa e passiva, além de crime contra a lei de licitações. Dentre os denunciados estão servidores do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e pessoas relacionadas ao Consórcio Constran/Queiroz Galvão/Construcap. Sete dos 10 acusados foram presos, em novembro do ano passado, quando a Polícia Federal deflagrou a operação Via Ápia, mas atualmente encontram-se em liberdade.

O grupo é acusado de cometer uma série de irregularidades na execução da obra de duplicação da BR 101, mais precisamente no Lote 2, trecho entre os estados do Rio Grande do Norte e da Paraíba. As investigações se iniciaram a partir de fiscalizações realizadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU). Dentre as irregularidades apontadas estão a má execução do serviço, fiscalização omissa, prorrogação indevida de prazos, falta de responsabilização do consórcio executor pela lentidão da obra, avanço desproporcional das etapas de serviço e liberação de trecho da rodovia sem a licença de operação.

Próximos passos - De acordo com o Código de Processo Penal, a partir de agora, os acusados deverão apresentar defesa prévia. Em seguida, o juiz analisará o recebimento da denúncia e procederá a citação dos réus para responder à acusação.

Denunciados:

Gledson Golbery de Araújo Maia – ex-chefe de engenharia do Dnit. Apontado como principal autor intelectual da ação, com forte liderança do grupo;

Fernando Rocha Silveira – ex-superintendente regional do Dnit. Um dos autores intelectuais da ação;

Luiz Henrique Maiolino de Mendonça – servidor do Dnit, que integrava equipe responsável por fiscalizar a execução do contrato. Acusado de adulterar as medições e encobrir as irregularidades praticadas pelos demais denunciados;

Frederico Eigenheer Neto - gerente comercial da empresa Construcap, uma das empresas que constitui o consórcio executor da obra investigada;

Gilberto Ruggiero - funcionário da empresa Constran e gerente-geral do consórcio Constran-Galvão-Construcap;

Andrev Yuri Barbosa Fornazier – empregado da empresa de fiscalização ATP Engenharia (contratada pelo Dnit para fiscalizar as obras da BR 101);

Marlos Wilson Andrade Lima de Gois – empregado da ATP Engenharia;

Emir Napoleão Kabbach – diretor da empresa Constran S.A. Construções e Comércio;

José Luís Arantes Horto – sócio da empresa Pedreira Potiguar LTDA;

Mário Sérgio Campos Molinar - engenheiro civil contratado pela Constran S/A – Construções e Comércio.

Assessoria de Comunicação - Procuradoria da República no RN


Operação Xerife: Polícia Civil efetua a prisão de 67 pessoas e apreende 20 menores

 Reunião com delegado Geral da Polícia Civil Fábio Rogério Silva

A Polícia Civil deflagrou mais uma operação ontem quinta-feira (18), com o objetivo de dar cumprimento a mandados de prisão e de busca e apreensão em várias cidades do Rio Grande do Norte. Ao todo 87 pessoas foram detidas na Operação batizada de “Xerife” e dentre elas estão 20 menores de idade.

As prisões aconteceram em diversos municípios como Natal, Parnamirim, Extremoz, Nova Cruz, São Gonçalo do Amarante, Pau dos Ferros, Macau e João Câmara.  A ação foi designada pelo Delegado Geral da Polícia Civil, Fábio Rogério Silva, que convocou os delegados para reunião determinando um levantamento desses mandados em cada delegacia, bem como seu cumprimento.

De acordo com o Coordenador de Operações da Degepol, delegado Ben-Hur Cirino de Medeiros, o alvo principal dessa operação é prender assaltantes, homicidas, traficantes e menores infratores que possuem mandado de prisão em aberto.

Em menos de um mês, a Polícia Civil do Estado efetuou quase duzentas prisões. Na semana passada, a “Operação Conexão”, realizada no município de Caicó com a finalidade de combater o tráfico de drogas, resultou na prisão de 37 pessoas, e, no último dia 26 de julho a “Operação Retorno” prendeu 63 pessoas, dentre elas 17 adolescentes.

HOMENAGEM

O nome da operação foi dado em homenagem ao ex-delegado Maurílio Pinto de Medeiros, que se aposentou no último dia 22 de julho após 47 anos atuando na área policial. “Fiquei muito contente ao saber dessa homenagem nesse momento de despedida. É um grande presente de aniversário que estou recebendo”, disse Maurílio Pinto, que completa mais um ano de vida no próximo dia 24 de agosto.

Considerado um ícone da Segurança Pública do Estado e reconhecido pelo seu trabalho em todo o Rio Grande do Norte, o ex-delegado Maurílio Pinto começou sua carreira na polícia como motorista no ano de 1964 e depois passou a exercer outras funções como a de escrivão e investigador. Em 1975, ele se formou no curso de Direito e após aprovação em concurso público, ingressou na carreira de delegado em maio de 1976. “Foi uma experiência da qual me orgulho bastante”, afirmou Maurílio, quando questionado sobre o tempo em que trabalhou na área.

Antes de assumir sua última função como titular da Delegacia Especializada em Capturas (Decap), Maurílio Pinto passou 21 anos de sua carreira exercendo funções de comando como Chefe de Polícia e coordenando os trabalhos realizados tanto na capital como no interior, ficando conhecido em todo o estado como o “Xerife”.  “Nenhum outro delegado assumiu uma função de chefia durante tanto tempo. É um record nacional”, ressaltou o ex-delegado.

Crédito: Assessoria de Imprensa da Sesed/RN
 


Confira o vídeo do treinamento com a arma Taser em Jardim do Seridó

O treinamento com a nova arma que o efetivo da polícia militar de Jardim do Seridó recebeu, foi ministrado hoje (18) no auditório da Casa de Cultura Popular.

O treinamento com o efetivo, foi comandado pelo Tenete Costa Neto, de Santa Cruz que foi convidado pelo capitão Moacir para passar as orientações no manuseio da arma.

Na oportunidade foi passado toda orientação necessária sobre a arma, parte teórica com videos em slide e na parte pratica quem foi convidado e recebeu as ondas T foi o Soldado Adriano.

Confira como foi a parte pratica no video do nosso Blog.


Delegado investiga a existência de novos cadáveres em poço

Local do poço

O titular da 1ª Delegacia de Polícia do município de Parnamirim, Graciliano Lordão, vai investigar denúncias de que existem novos cadáveres jogados em poço localizado no bairro Passagem de Areia. No início do mês, a polícia encontrou três corpos no local. Nesta sexta-feira (19), o delegado deverá enviar um ofício solicitando que o Corpo de Bombeiros entre na propriedade e faça a vistoria no local.

Segundo o delegado Lordão, a solicitação da vistoria foi feita após denúncias recorrentes de que há mais corpos jogados no poço.

A vistoria deveria ter começado na tarde desta quinta (18), quando os militares do Corpo de Bombeiros foram até o local. Porém, segundo informações passadas pelo tenente Couceiro, o poço estava fechado com cimento e os bombeiros não tinham autorização para abri-lo. A vistoria seria comandada por militares do Grupamento de Busca e Salvamento (GBS) e um Técnico do Serviço de Engenharia da Corporação (SERTEN). Populares informaram que o poço foi fechado na última segunda-feira, pelo proprietário do terreno.

O tenente destacou que os bombeiros agora aguardam o ofício, que deverá der enviado pelo delegado Lordão nesta sexta-feira. Eles poderão entrar na propriedade e abrir o poço para checar as denúncias.

Relembrando

No dia 1º deste mês, após denúncias anônimas, policiais civis e militares, com o apoio do Corpo de Bombeiros encontraram os corpos de José Jácio da Silva Júnior, 20, e Estivensson Cláudio de Moura Santos, 40, que seriam tio e sobrinho. Um terceiro corpo também foi encontrado no local. Segundo Graciliano Lordão, uma conversa com um perito do Instituto Técnico Científico de Polícia (Itep) constatou que as vítimas foram mortas no mesmo período. Ainda segundo o delegado, os três homens eram usuários de drogas e podem ter sido executados por dívida com traficantes. "Houve comentários de um valor aproximado em R$ 35. Ainda não sabemos se era um valor que cada um devia ou do grupo", disse.


Operação “Xerife”, já prendeu mais de 30

A Polícia Civil vem realizando uma operação intitulada “Xerife” em todo o interior do Rio Grande Norte no objetivo do cumprimento de vários mandados de prisão em aberto sob acusações de homicídios, tráfico de drogas e roubos. De acordo com a Delegacia Geral de Polícia (Degepol), pelo menos 34 foram detidos, com destaque para um número maior de apreensões de menores.

A operação vem sendo realizada com o comando dos delegados responsáveis pelos municípios potiguares. Segundo a Degepol, a cidade de Macau tem apresentado o maior número de detenções.

A Operação Xerife foi batizada ao ex-delegado Maurílio Pinto, aposentado no início deste mês. Na tarde de hoje quinta-feira(18), foi realizada uma coletiva na Sesed.
 


Homem morre vítima de afogamento

Na tarde de ontem quarta-feira (17/08), populares juntamente com o corpo de bombeiros encontraram de um senhor que estava desaparecido nas águas do rio conhecido como shop car em Assu.

Trata-se do vaqueiro Francisco André da Silva, 72 anos natural de Jucurutu e residente em Assu, o mesmo teria saído de casa e não mais voltado, em circustância da demora, amigos saíram em sua procura e acionaram a policia e o corpo de bombeiros pois os mesmos suspeitavam que seu "Chico Boca" como era mais conhecido poderia ter se afogado.

Fotos: Focoelho


Operação Conexão: Preso em Caicó mais um acusado de tráfico drogas

Está preso na delegacia de Caicó sob acusação de envolvimento com o tráfico de drogas, o mototaxista Matheus Herverton Chianca de Araújo, 22 anos, residente a rua Julião Ferreira de Macedo no Bairro Barra Nova.

Segundo as informações repassadas pela polícia, o acusado estava sendo procurado desde o início da operação “Conexão” não sendo localizado. Herverton Chianca resolveu acompanhado de seu advogado, comparecer a delegacia na manhã de hoje, mas acabou ficando preso por força de um mandado de prisão.

Em contato com a reportagem, o acusado disse não saber por que está preso.

Fonte: Cardoso Silva
 


Motociclista morreu ao colidir violentamente contra carreta na RN-118

Um acidente grave na RN-118, próximo ao posto Frei Damião, ontem quarta-feira (17). Uma colisão envolvendo uma moto e uma carreta resultou na morte do motociclista Denio Martins da Silva, de 34 anos, residente a Rua Padre João Maria, em Macau.

O condutor da moto Honda, modelo Falcon, cor vinho, placa MYJ 2782, que seguia pela RN -118 quando chocou-se violentamente contra uma carreta Volvo, cor cinza e placas MQV 4490 de Fortaleza, que transportava combustível.

Com o choque, o motociclista caiu a vários metros de distância, sendo socorrido ainda com vida para o Hospital, mas devido a gravidade não resistiu.

O corpo foi levado para o Instituto Técnico e Cientifico de Policia (ITEP) de Mossoró, para os procedimentos de necrópsia.  Denio Martins era uma pessoa bem conhecida na cidade, pois trabalhava como taxista na linha Natal/Macau.


Acidente grave com vítima fatal na RN-013

Um acidente de graves proporções aconteceu na manhã de hoje (18), na RN-013, proximidades do Assentamento Jurema, rodovia de ligação ao município de Tibau, deixou um morto e outro gravemente ferido.

Os carros envolvidos na colisão foram um Fiat Uno de cor preta e placas JHE- 4597- Brasília-DF,, que era conduzido pelo assistente comercial Tobias Fonseca de Freitas, 27 anos, e uma pick-up Fiorino de cor vinho e placas HUP-9472-Mossoró-RN, conduzida pelo comerciante de Tibau, Francisco Gladson Nunes de Oliveira, 45 anos.

O motorista do Fiat ficou gravemente ferido e preso nas ferragens tendo que ser removido com a ajuda do Corpo de Bombeiros. Tobias foi levado às pressas para a emergência do Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), mas morreu minutos depois de dar entrada na unidade. A vítima que foi a óbito trabalhava para a empresa GNATUS como representante de produtos odontológicos e era natural da cidade de Antônio Martins.

Segundo informações colhidas no local pela Polícia Estadual de Trânsito, a primeira hipótese é de que o motorista do Fiat tenha cochilado ao volante e colidido frontalmente com o outro veículo. Tobias trafegava no sentido Mossoró/Tibau e o motorista da pick-up vinha de Tibau para Mossoró.

O comerciante que conduzia a pick-up, Francisco Gladson é proprietário de um comércio de espetinhos e bebidas na Rua Antônio Luz, Centro de Tibau. Até o final da manhã de hoje, o estado de saúde dele ainda inspirava cuidados. 

Fonte: Passando na Hora


Tarado: Senhor de 61 anos é acusado de pedofilia em Currais Novos

Acusado

Por volta das 17h30min de ontem quarta-feira (17/08), a Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência daquelas que deixa qualquer cidadão indignado. Um senhor de 61 anos, está sendo acusado de praticar atos libidinosos com uma garotinha de 03 anos de idade. O caso aconteceu na Rua Creuza Bezerra, Bairro Sílvio Bezerra de Melo, Currais Novos.

A guarnição realizou várias diligências pelo o bairro durante parte da noite e madrugada, mas não conseguiu localizar o acusado. A mãe da criança quando ficou sabendo do ocorrido passou mal e precisou ser socorrida pela guarnição que a conduziu para o Hospital Regional de Currais Novos, onde a mesma foi medicada e ficou algumas horas internada em observação. O pai da criança trabalha fora da cidade e só retorna para casa nos finais de semana.

Segundo um parente da família, a criança brincava próximo a residência do acusado quando desapareceu e quando reapareceu foi indagada onde estaria e falou que tinha ido a residência do senhor Cícero para brincar com bonecas e que o mesmo teria tirado suas roupas e teria tocado em seu corpo. Durante a confecção do BO (Boletim de Ocorrência) na delegacia, outras 03 meninas disseram aos policiais que já tinham sofrido do mesmo crime.

O filho do acusado confirmou que seu pai já se envolveu em outras ocorrências do tipo.

O acusado está sendo procurado para dar explicações e os familiares foram orientados a prestar queixa na Delegacia da Polícia Civil.


Combate às drogas não sai do papel

 

 Crianças usando Crack 

O Plano Estadual de Enfrentamento ao Crack e outras Drogas nunca chegou a se materializar e ter efeitos práticos para a população potiguar. E mais: quase um ano depois de ser designado para elaborar e implementar tal plano, o Comitê Gestor sequer chegou a se reunir para traçar as diretrizes do tema no Estado. Mesmo com as estruturas consideradas deficitárias pelas autoridades no assunto, o planejamento não avançou e a sociedade não dispõe hoje de um serviço que atuem satisfatoriamente na prevenção, tratamento, reinserção social e repressão qualificada de dependentes químicos.

O Decreto 21.899, de 23 de setembro de 2010, previa 30 dias para que Grupo de Trabalho concluísse a proposta, a partir de sua instalação. Nunca foi instalado. O documento prevê um representante e um suplente de cada uma das secretarias e órgãos citados. São cinco pastas do Executivo e outras 14 organizações. Portanto, quase 40 pessoas estariam aptas a participar.

As informações foram repassadas pelo presidente do Conselho Estadual de Entorpecentes (Conen), Magnus Barreto. Segundo ele, não houve reuniões. "O plano não chegou a se materializar. Havia falhas no decreto e também existia problemas com os materiais necessários para executá-lo", disse.

Barreto classifica como deficitária a estrutura que o Rio Grande do Norte dispõe para dar atenção aos dependentes químicos. Para o presidente do Conen, o período de mudança de governo causou atrasos nos planejamentos realizados. "Se uma mulher dependente química necessitar de tratamento, não há local no Rio Grande do Norte para colocá-la", contou.

O Plano iria estabelecer a metodologia de enfrentamento principalmente ao crack, mas também a outras drogas. Além disso, seriam definidas metas, prioridades e ações do tema nas cidades do Estado.

O titular da Delegacia Especializada de Narcóticos (Denarc), Odilon Teodósio, tem o trabalho elogiado, mas são feitas ressalvas. "Ele tem o trabalho destacado, se esforça bastante. Mas enfrenta carência de materiais para potencializar as investigações sobre tráfico de drogas", acrescenta Magnus Barreto.

O presidente do Conen, no entanto, destaca que as secretarias permanecem realizando trabalhos, mas não de forma integrada como previa o decreto do então governador Iberê Ferreira de Souza. "A governadora tem o combate às drogas como prioridade e as secretarias de segurança e saúde também trabalham nessa perspectiva", informou.

O Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) se destaca quando o assunto é policiamento preventivo. "O Proerd tem atuação destacada nas escolas do Estado. Há muito de estrutura familiar envolvida com a utilização de drogas. Precisamos chamar atenção para isso".

O presidente do Conen esclarece que o conselho não possui atribuição executiva, tendo a responsabilidade de deliberar políticas sobre o enfrentamento a drogas e intermediar contato com outras entidades não-governamentais.
 


Polícia indicia 8 pessoas por morte de presidente do PT no interior

 

Vítima  e local do crime

Oito pessoas foram indiciadas criminalmente pelo delegado Odilon Teodósio na primeira parte do inquérito que investiga o assassinato do presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) de Serra do Mel, Ednaldo Filgueira, 36 anos. Ele foi executado a tiros na noite de 15 de junho deste ano, quando saía da sede do "Jornal Serrano", de sua propriedade, em Serra do Mel. As investigações apontam para uma motivação político-partidária no crime e uma relação com as matérias publicadas por Ednaldo em seu jornal. Mandantes e mais pessoas envolvidas no plano de execução serão conhecidos dentro de 40 dias, quando a Polícia Civil promete concluir o restante da investigação.

O inquérito foi entregue ontem, no Fórum Desembargador Silveira Martins, pelo delegado Odilon Teodósio, responsável pela investigação de todo o caso. Cícera Soares da Costa, proprietária do restaurante Padre Cícero, em Serra do Mel, foi indiciada, juntamente com Rafânio Brito de Azevedo, Raniely Brito de Azevedo e Daniel dos Santos Azevedo, como autores intelectuais do crime. "Não são os mandantes. Eles arquitetaram todo o plano e conseguiram o pessoal para fazer o serviço", disse o delegado. Abnadabe Nunes Ismael Pereira da Silva (Foguinho), Francisco Fábio Ferreira (Galego), Paulo Ricardo da Costa (Paulinho) e Marcélio de Sousa Moura também foram indiciados, apontados como envolvidos diretamente na execução do presidente do PT de Serra do Mel.

Todos foram indiciados pelo crime de homicídio qualificado e formação de quadrilha, além de outros atenuantes. Mas o trabalho não possui ainda um ponto final. A dúvida sobre quem mandou matar Ednaldo Filgueira deve ser desfeita dentro de 40 dias, quando o delegado Odilon Teodósio promete encerrar a segunda etapa da investigação. "Não podemos adiantar ainda algumas coisas", disse. Ele explicou que Cícera Soares da Costa já havia sido casada com um irmão de Rafânio Brito de Azevedo, e teria "instigado" os irmãos Rafânio e Raniely a contratar as pessoas que pudessem executar Ednaldo. "Principalmente por causa de coisas que a vítima publicava em seu jornal que desagradavam os interesses políticos defendidos por Cícera e seu pessoal", explicou Odilon Teodósio.

Acusados envolvidos em outros crimes

Os sete homens indiciados pela Polícia Civil por envolvimento no assassinato de Ednaldo Filgueira mantinham uma relação antiga em crimes praticados na Serra do Mel e cidades da região Oeste potiguar. Assaltos a ônibus, alternativos, roubo de cargas e execuções fazem parte da lista de crimes que o grupo é suspeito, de acordo com a Polícia Civil. "A Vila Guanabara, na Serra do Mel, era o foco da bandidagem. Eles se reuniram e ficavam escondidos por lá. Como naquela área a cobertura de telefonia celular é deficiente, ficava mais fácil eles se esconderem da investigação policial", comentou o delegado Odilon Teodósio.

Rafânio Brito de Azevedo, um dos homens principais do grupo, já tem condenações por crime de assalto nos municípios de Assú e Areia Branca. "Eles já estiveram envolvidos em crimes na região de Caraúbas, Assú, Serra do Mel e outras cidades próximas. Quando surgiu o plano de executar Ednaldo, Rafânio e os outros entraram em contato com os comparsas que podiam executar o serviço", disse.

No dia 5 de julho, as Polícias Federal e Civil prenderam Rafânio, Abnadabe, "Galego", Paulinho e Marcélio, durante uma operação realizada nas cidades de Natal, Mossoró e Serra do Mel. Com o grupo foram apreendidas oito armas, sendo quatro espingardas de calibre 12 e quatro revólveres de calibre 38, além de munição. Durante os exames de balística ficou comprovado o uso de algumas dessas armas na execução de Ednaldo Filgueira, no dia 15 de junho deste ano, no município de Serra do Mel.
 


PF prende 23 por sonegação

Uma investigação iniciada ainda na década de 1990 resultou na descoberta de uma das maiores fraudes fiscais já constatadas no Brasil. O esquema conta com a participação de 300 empresas instaladas no País e no exterior e é responsável por um rombo nos cofres públicos estimado em pelo menos R$ 1 bilhão apenas em impostos federais, valor que deve subir com cálculo da sonegação de tributos estaduais. Ontem, operação conjunta da Polícia e Receita Federais resultou na prisão de 23 pessoas e no confisco de bens que incluem uma ilha de 20 mil metros quadrados em Salvador (BA), além de lanchas, jatos e helicópteros, carros de luxo, caminhões, carretas, imóveis residenciais e parques industriais completos, com prédios e máquinas, e 2,5 quilos em barras de ouro. Os envolvidos são acusados de sonegação fiscal, falsidade ideológica, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha, entre outros crimes que ainda estão em apuração.

Policiais federais recolhem documentos em empresa baiana investigada por sonegação de impostos. A Operação Alquimia foi desencadeada pela manhã em 17 Estados - Minas Gerais, São Paulo, Bahia, Alagoas, Amazonas, Ceará, Espírito Santo,Goiás, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraná, Piauí, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Sergipe - e no Distrito Federal, com 650 agentes da PF, além de auditores da Receita.

As equipes tinham 31 mandados de prisão, 129 de busca e apreensão, 63 de condução coercitiva - levar alguém para depor - e ordens judiciais para sequestro de bens de 62 pessoas e 195 empresas. Todos expedidos pelo juiz Bruno Savino, da 3ª Vara Federal de Juiz de Fora (MG), onde a investigação começou.

O delegado Marcelo Freitas, que coordenou a ação pela PF, não quis revelar nomes, mas o Grupo Estado apurou que os principais alvos da operação são as empresa Sasil, com sede em Salvador (BA), e a Varient, que tem sede em São Paulo e foi adquirida pelo grupo baiano no ano passado. A Sasil é presidida pelo empresário Paulo Sérgio Costa Pinto Cavalcanti, que seria o proprietário da ilha confiscada em Salvador.

O delegado confirmou apenas que há envolvimento de factorings e outros tipos de negócios investigados, mas a maior parte das empresas atua "na produção, armazenagem, compra, venda, importação e exportação de produtos químicos". "Uma quantidade enorme de produtos químicos", salientou o policial.

Marcelo Freitas contou também que as investigações revelaram que, entre as 300 empresas usadas pela quadrilha, 50 delas movimentaram mais de R$ 500 milhões apenas entre 2005 e 2009. Entre as empresas investigadas, apenas 11 que já têm o crédito tributário constituído pela Receita Federal foram autuadas em R$ 120 milhões.


Acusado de praticar homicidio contra vereador em Jucurutu/RN foi preso no Mato Grosso do Sul

Na Foto: Robson Fabiano Lopes de Araújo

O comerciante, seridoense, ROBSON FABIANO LOPES DE ARAÚJO, 38 anos, foi preso na manhã desta quarta-feira, 17 de agosto, por policiais do grupo GARRAS, que cumpriam mandado de prisão expedido pela Justiça da comarca de Jucurutu/RN.

O preso é acusado de matar no dia 03 de março de 1998, por volta de 0h20min da madrugada, no Sítio Barros, no Distrito de “Boi Selado”, em Jucurutu, com disparos de arma de fogo, o líder comunitário, Augusto Francisco de Moura, na época com 48 anos. De acordo com a denúncia do Ministério Público, outras duas pessoas estavam em sua companhia no dia do fato.

Robson Lopes Araújo, estava foragido usando documentos falsificados. Atualmente ele vivia na cidade de Chapadão do Sul/MS, se passando por Renato Lopes Vieira, um comerciante que comprava e vendia gado, veículos e imóveis.

Sua localização só foi possível porque no mês de julho passado, seu enteado teve que fazer exames para aquisição da Carteira Nacional de Habilitação. Isso chamou a atenção da Polícia Civil de Natal, (DECAP). Em diligências foi possível à localização de Robson.

Em sua residência os policiais encontraram vários documentos adulterados, como uma certidão de nascimento em nome de Robson Fabiano Lopes de Araújo, com data de nascimento de 23/09/67, na cidade de Juazeiro/Bahia; uma cédula de identidade em nome de Robson Fabiano Lopes de Araújo, emitida pelo Estado de Pernambuco; RG nº. 9465743; cédula de Identidade em nome de Renato Lopes Vieira, emitida pelo Estado do Pará; RG nº6242384; cédula de identidade emitida em nome de Fabiano Lopes Vieira emitida pelo Estado do Pará e RG nº. 6016424. Todas as cédulas de identidade estão com a fotografia do preso.

De acordo com o que consta no processo disponível no site do Tribunal de Justiça, houve uma sentença de pronúncia e duas pessoas foram denunciadas pelo Ministério Público por envolvimento no crime.

O representante ministerial ofereceu denuncia contra Robson Fabiano Lopes de Araújo e Márcio de Araújo Soares, porém somente este último foi submetido a julgamento popular, sendo inclusive absolvido da acusação de autoria intelectual.

Sobre o crime, a polícia apurou na época que a vítima foi pega de surpresa em sua própria residência quando estava dormindo. Foi acordado por uma voz masculina que o chamava alegando trazer-lhe um recado. Quando ele se levantou e apareceu na porta foi atingido por três disparos de arma de fogo.

Com Informações: ADEPOL E TJ/RN - Reportagem: Eduardo Dantas

Grave acidente na BR 230 deixa motorista da Prefeitura de Sousa preso entre às ferragens

Um grave acidente aconteceu na tarde de ontem quarta-feira (17), na BR 230, nas imediações da Casa do Caminho, sentido Sousa/SãoGonçalo, envolvendo um Fiat, cinza, pertencente à Secretaria de Saúde do Município de Sousa, deixando o condutor Erismar Marques Diniz, entre as ferragens.
 
Informações preliminares apontam que o Fiat foi ultrapassar outro veiculo quando viu uma caminhonete carregada com animais com o semi-eixo quebrado as margens da BR 230. No momento da ultrapassagem vinha no sentido contrário um caminhão Baú que chegou a bater de frente com o Fiat.

O condutor do Fiat ficou entre as ferragens, o caminhão Baú desceu o barranco o motorista do auto-carga Valdir Monteiro, nada sofreu.

Corpo de Bombeiros, SAMU estiveram no local, resgataram a vítima entre as ferragens, e conduziu a mesma para o Hospital Regional de Sousa.

 
Fonte: Folha do Sertão